Entenda como funciona o financiamento do FIES


Você já deve ter ouvido falar do FIES, mas possui medo de encarar por conta de várias coisas que falam sobre ele, não é mesmo? Antes de entrar no assunto, de fato, é sempre válido lembrar que qualificação é um investimento, ainda mais para quem almeja entrar no mercado de trabalho.

Então se você é um desses, que busca se destacar no ramo de empregos, já deve saber que um diploma de nível superior faz toda a diferença. Mas sabemos que nem todos têm meios de entrar numa instituição pública, nem de pagar por uma faculdade particular e é aí que surge o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) – que é basicamente o que o nome já sugere: um financiamento para o estudante.

Só saber do que se trata não é o suficiente, venha entender mais quem pode se inscrever e como fazer isso.

COMO FUNCIONA O FIES?

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa foi criado em 1999 pelo Ministério da Educação (MEC). O seu principal objetivo é de facilitar o acesso de jovens de baixa renda ao ensino superior, pois ele oferece financiamento para estudantes de graduação em faculdade particular.

Sendo assim a ideia, é possibilitar que os estudantes que não tem condições de custear com as mensalidades do curso preterido possam continuar os estudos. Ao final da graduação, o aluno deve devolver o valor do financiamento por meio do pagamento de parcelas mensais, após um prazo estipulado.

Para poder participar do Fies, o aluno necessitada estar matriculado em um curso de graduação presencial pago. E ainda mais, o conceito obtido pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) deve ser maior ou igual a três.

QUEM PODE PARTICIPAR DO FIES?

Para participar do Fies, o candidato precisa ter feito o Enem, não é necessário que seja a edição recente, só precisa ser alguma de suas edições a partir de 2010, e adquirindo uma pontuação total de pelo menos 450 pontos na média e nota maior que zero na redação. Os participantes que tiverem zerado a redação não podem se candidatar ao Fies.

Outo dado interessante, os candidatos do Prouni, que receberam bolsa de 50%, podem utilizar o Fies para tentar conseguir financiar os outros 50%. Porém, esses candidatos não podem participar dos dois programas para cursos em universidades diferentes, até porque o processo acontece em uma época característica.

Existem algumas modalidades no Fies, que vão depender da renda e estudando de todo Brasil, sendo graduados ou não, podem participar. São elas:


  • Fies: Nesta modalidade pode participar o estudante que tiver uma renda familiar por pessoa de até 3 salários mínimos. Caso seja aprovado, o estudante não pagará juros e as parcelas do financiamento que serão pagas após o término do curso, serão geradas de acordo com a condição financeira do aluno.

  • P-Fies: Já essa modalidade visa atender pessoas com renda família mensal de 3 a 5 salários mínimos por pessoa, sendo que as condições são regidas pelo banco que irá financiar. Neste caso o banco atua como agente financeiro do estudante.

COMO SE INSCREVER NO FIES?

Muitos estudantes acabam por desistir de se inscrever no Fies, por acharem que são processos burocráticos e complicados. Mas faremos aqui um passo a passo que talvez esclareça suas dúvidas:

  • 1º passo: Inscrição no Fies Seleção, neste passo estudante irá entrar no site oficial do programa, fornecer alguns dados pessoais e validar o e-mail, após isso irá preencher as informações de curso, faculdade etc.

  • 2º passo: Inscrição no SisFies, após o resultado da seleção no passo acima, que estará disponível no site do Fies, o candidato irá preencher as informações do financiamento, do fiador, renda e outros.

  • 3º passo: Validação de informações, quando o aluno faz o cadastro no SisFies, deve ir até a faculdade escolhida e procurar a  Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) (que é a unidade que trata das questões relacionadas ao Fies), para validar aos informações apresentadas no site.

  • 4º passo: Contratação do financiamento: essa é a última etapa, onde em até 10 dias após as informações serem validadas, o estudante deve comparecer a um agente financeiro do Fies (Banco do Brasil ou a Caixa Econômica Federal) junto ao seu fiador. Para assim finalizar os tramites do financiamento.

Seguindo o passo a passo, e atendendo a todos os critérios exigidos pelo Programa, o aluno conseguirá ingressar na faculdade escolhida sem muita dificuldade. Para mais informações ou para sanar outras dúvidas que envolvem o programa, o aluno deverá consultar o site oficial do Fies.

Então se você tem interesse em se candidatar a uma vaga, fique de olho no site, no cronograma e não perca a oportunidade de se especializar e ganhar com isso, um destaque no mercado de trabalho.

É isso! Se você gostou dessas informações e elas foram úteis para voltar, não deixe de acompanhar nossas postagens, que sempre vem com esse teor de conhecimento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: